Orar é falar com Deus

O presente de Deus

Leia Efésios 2.4-10

E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades. Filipenses 4.19

A chuva caía tão delicadamente que eu mal a notava. Boa parte da Austrália tem sofrido a mais devastadora seca de nossa história. Minha mente remonta aos dias da minha infância, quando eu pulava nas poças de água após uma tempestade. Quando ocorre uma, não podemos ignorar a chuva que cai pesadamente à nossa volta, mas naquele dia ela caía suavemente, abençoando a terra. Eu podia ter esperança de novo crescimento. Ao pensar na chuva, lembrei-me da graça e misericórdia de Deus, que cai livremente sobre mim – chegando às vezes tão silenciosamente que mal as reconheço. Somente depois de ver os resultados dessas bênçãos reconheço o quanto Deus me deu todas as pequenas coisas de que preciso a cada dia.

Oração: Deus gracioso, perdoa-nos quando não reconhecemos Tuas dádivas. Ajuda-nos a perceber-Te em ação, tanto quando derramas liberalmente as Tuas bênçãos como quando outras menores caem suavemente em nossas vidas. Oramos como Jesus nos ensinou, dizendo: “Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; [..] Amém!”*

Pensamento para o dia: Hoje, manifestarei gratidão pelas “pequenas” bênçãos que Deus envia.

Oremos por aqueles que não conseguem ver Deus em ação.

Meditação escrita por Cora Williams (Queensland, Austrália)

Medite: Marcos 14

* Faça a oração completa como em Mateus 6.9-13.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Saiba Mais