Orar é falar com Deus

[Meditação] Repouso forçado

Leia Lucas 10.38-42
Porque assim diz o Senhor Deus, o Santo de Israel: Em vos converterdes e em sossegardes, está a vossa salvação; na tranquilidade e na confiança, a vossa força. Isaías 30.15

O cavalo estava correndo rápido demais. Ao tentar controlá-lo, ele pisou em falso à esquerda e balançou sobre os cascos da frente. O movimento brusco me levantou da sela e me jogou para trás. Gritei de dor, certo de ter quebrado alguma coisa. Conseguindo me levantar da sela, fiquei parado, desajeitadamente, no meio da arena de rodeio por alguns momentos. Mais tarde, naquela noite, um raio-X revelou o ferimento – os ligamentos na base da minha pélvis tinham se rompido. Eu precisaria de três a seis meses de descanso e recuperação. Para uma pessoa que gosta de atividade, tal prognóstico era má notícia. Nos dias seguintes, debati-me com sentimentos de desânimo, raiva, frustração e até de inutilidade. Mas a misericórdia de Deus me dominou um dia, enquanto eu chafurdava em autopiedade. De repente, comecei a agradecer a Deus pelas bênçãos infinitas em minha vida. Lágrimas inundaram meus olhos conforme minha lista de bênçãos crescia. Eu tenho muito pelo que ser grato. Deus estava me ensinando muitas coisas por causa da minha condição. Eu estava aprendendo a reduzir meu ritmo e descansar em Cristo. Deus me lembrou de que meu valor não está em nada do que eu possa ou não fazer, mas no sacrifício de Jesus e no bondoso amor de Deus por mim.

Oração: Ó Deus, que nossa correria nunca nos deixe sem tempo para Ti. Quando nos sentirmos frustrados, até mesmo inúteis, volta nosso olhar para a cruz de Jesus e Seu sacrifício por nós. Em nome de Jesus. Amém.

Pensamento para o dia: Ao morrer por nós, Cristo afirmou que cada um de nós é infinitamente valioso.
 
Meditação escrita por Drew Travis (Califórnia, EUA)
 
Oremos pelas pessoas cujos empregos são perigosos.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.