Orar é falar com Deus

Dia de Santa Luzia–13 de Dezembro–história

santa_luzia

Santa Luzia é a Protetora dos olhos e da visão

Santa Luzia pertencia a uma rica família de Siracusa, na Itália, tendo recebido ótima formação cristã, ao ponto de Luzia ter feito um voto de viver virgindade perpétua. Com a morte do pai, Luzia soube que sua mãe a queria casada com um jovem de distinta família, porém pagão.

Nessa ocasião, sua mãe adoece gravemente e Luzia, que era devota de Santa Águeda, leva sua mãe à tumba da santa. Milagrosamente, sua mãe recupera a saúde e acaba concordando que a filha seguisse a vida que escolhera, consentindo também, que distribuísse seu rico dote entre os pobres.

O noivo rejeitado vingou-se, entregando Luzia como cristã ao procônsul. Este ameaçou Luzia de colocá-la no prostíbulo e sua resposta foi: “O corpo se contamina se a alma consente”. Assim sendo, dezenas de soldados tentaram carregá-la, mas o corpo de Luzia pesava muito, nada conseguindo. Contam que enquanto estava presa, arrancaram-lhe os olhos, mas no dia seguinte estavam novamente perfeitos. Por este milagre é que ela é venerada como protetora dos olhos.

Santa Luzia, não querendo oferecer sacrifício ao deuses e nem quebrar o seu santo voto, foi decapitada em 303, para assim testemunhar com a vida – ou morte – o que disse: “Adoro a um só Deus verdadeiro, e a ele prometi amor e fidelidade“.

 

A história de Santa Luzia em forma de poema

 

Em Siracusa, Itália, na cidade de Sicília,
No final do segundo século do cristianismo,
Nascia a protetora das doenças dos olhos,
Santa Luzia.

De família ilustre, seus pais eram nobres sicilianos,
Luzia ficou órfão de pai quando tinha quatro anos.
Quando jovem, Luzia possuía dotes físicos admiráveis,
Em seu rostinho sobressaiam-se os olhos da santidade.

Tudo isto lhe atraía jovens afamados e de altas linhagens!
Luzia carregava consigo o seu voto de castidade,
Comprometida com Cristo, a virgem e mártir é a verdade!

Santa Luzia ou Lúcia, doou seus bens aos necessitados;
Com sua mãe visitou o túmulo de Santa Águida em Catânia.
Este ato reforçou o seu grande amor em Cristo crucificado,
Luzia levava às pessoas à luz de bondade e a caridade.

Dos olhos e suas doenças Santa Luzia é a grande protetora!
Por seguir a doutrina cristã e negar adoração aos ritos pagãos,
A mártir Santa da Graça Iluminadora possivelmente, depois de ser flagelada foi decapitada ao fio de espada!
A Santa previu e acertou o fim da perseguição aos cristãos!

* Santa Luzia conservai-me a visão e sua luz espiritual, amém…

Autor: Manuel de Almeida (Manal)

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.