Orar é falar com Deus

Como orar e conversar com Deus corretamente

A comunicação de oração correta com Deus é importante para os cristãos. A Bíblia ensina métodos adequados de como orar e conversar com Deus que estão de acordo com seus ensinamentos. As pessoas que não seguem essas diretrizes fazem orações inadequadas que não estão de acordo com os princípios bíblicos.

Muitas crenças cristãs misturam paganismo, superstição e misticismo com o conceito bíblico de oração. Isso leva muitos crentes a rejeitar a oração como um aspecto importante da fé. Informações adicionais sobre como orar não precisam ser aprendidas pelos cristãos. Suas idéias sobre a oração já criam uma lacuna entre eles e os ensinamentos bíblicos sobre a oração. Em vez de aprender com a Bíblia, os cristãos podem encontrar todas as respostas de que precisam simplesmente lendo as Sagradas Escrituras.

O que a Bíblia diz sobre técnicas adequadas de oração?

Além da passagem de Mateus 6:5-13 sobre a oração, há outras passagens da Bíblia que fornecem orientação sobre como orar. Essas passagens adicionais ajudam a fornecer uma compreensão mais abrangente de como orar.

Aprender como se dirigir a Deus por meio da oração é fácil quando você entende os princípios listados abaixo.

Desenvolva uma vida espiritual.

Jesus ensina seus seguidores a orar em um texto específico. Ao ensiná-los a orar, Jesus diz: “…quando orarem, não acumulem frases vãs como fazem os gentios” (Mateus 6:5). Isso é para que as pessoas não tenham apenas uma oração em suas vidas; ao contrário, eles devem estar constantemente orando. Ao considerar a vida dos crentes, Deus não menciona nenhum momento em que eles oraram; Ele apenas menciona seu tempo de oração. Isso prova que a vida dos crentes é dedicada à oração.

Pedir respostas à Bíblia sobre como orar é semelhante a buscar orientação sobre com que frequência praticar a oração, quanto tempo deve durar ou a melhor hora para orar. Alguns também buscam respostas sobre qual postura adotar ao orar — seja com os olhos fechados ou abertos, ajoelhado ou em pé. A Bíblia não proíbe explicitamente esse tipo de investigação. Em vez disso, afirma que os verdadeiros crentes devem orar o tempo todo e nunca cessar (Efésios 6:18; 1 Tessalonicenses 5:17).

Como alguém pode orar constantemente? O que significa rezar sem parar quando a oração não cessa? Claro, isso não significa abandonar todas as responsabilidades para dedicar a vida à oração. A oração constante é um estado de espírito em que um crente comunga com Deus em todos os momentos. Orar em horários específicos, como em intervalos específicos do dia, é um aspecto essencial da prática dessa fé. Manter este espírito de oração constante significa reconhecer constantemente a influência de Deus na vida de alguém e estar em contato constante com Ele.

Veja também:
Oração Para Proteger O Lar
Orações Para Afastar Maus Espíritos Da Sua Vida
Oração Para Nossa Senhora Do Desterro

Ore humildemente e entenda o motivo da oração 

Jesus frequentemente criticava as orações públicas feitas por hipócritas. Eles intencionalmente realizaram esses atos de adoração para chamar a atenção para si mesmos (Mateus 6:5). Na época de Jesus, os fariseus frequentemente oravam em locais públicos para que as pessoas pudessem vê-los.

Jesus afirma que as pessoas com esse tipo de personalidade recebem sua recompensa dos homens em vez de Deus. Visto que parecem piedosos e espirituais para os outros, eles ganham a adulação de seus vizinhos. Orar a Deus não é um meio de chamar a atenção deles; é o ato supremo de humildade e fé. Essas pessoas não entendem que a oração não é sobre elas demonstrarem o quanto são espirituais.

Além disso, Jesus afirma que, ao orar, deve-se entrar em seu quarto privado e fechar a porta para orar ao Pai que está oculto; uma vez que este Pai conhece os pensamentos de alguém, ele recompensará o suplicante com benefícios tangíveis. Esta passagem aparece em Mateus 6:6.

Jesus não sugeriu que não deveríamos orar em público ou que orar sozinhos é a única opção. Em vez disso, ele acreditava que as pessoas deveriam orar juntas. Muitos livros bíblicos contêm orações que não são apenas sessões individuais. Jesus critica o orgulho e a hipocrisia que podem corromper a intenção adequada da oração. Em vez disso, ele corrige os erros de presunção e duplicidade dos cristãos quando oram (Atos 4:24). Conseqüentemente, os crentes regularmente se reuniam para orar e juntos clamavam a Deus (versículo 24).

Jesus frequentemente procurava um lugar privado para orar. Também devemos orar sozinhos. Devemos também orar em público com outros crentes quando necessário. Independentemente disso, nossa comunicação com Deus deve permanecer focada em nossas intenções quando oramos.

Ore com fé conforme a vontade de Deus o guia.

Orar a Deus requer fé Nele. A Bíblia afirma que a falta de fé impede alguém de agradar a Deus. A Bíblia ensina que qualquer pessoa que busca a Deus genuinamente deve acreditar que Ele existe e recompensará aqueles que O buscam diligentemente. Isso é impossível de entender se a oração não estiver ligada à fé.

Ao orar com fé, os crentes não devem orar com a crença de que receberam um decreto inegável de Deus. Aqueles que oram com fé confiam em Deus com total fé e confiança. Eles encontram conforto em saber que Deus cuida e provê o melhor para Seus filhos.

De acordo com Jesus, os crentes podem receber qualquer coisa pela qual oram. Esta afirmação aparece na passagem “Tudo o que pedirdes na oração, crendo, recebereis” do Evangelho de João. Confuso? Compreender esta frase requer uma mudança fundamental na perspectiva de cada um. Isso significa que os crentes precisam começar a buscar o que glorifica a Deus e promove seus objetivos na terra.

A confiança que os crentes têm em suas orações vem das palavras de João que afirmam: “Sabemos que ele nos ouve porque, segundo a sua vontade, pedimos tudo o que queremos. E temos certeza de que ele atendeu aos nossos pedidos, porque sabemos que ele nos ouviu quando lhe pedimos” (1 João 5:14-15).

Orem com dedicação e fervor.

Hebreus 5:7 diz que o Senhor Jesus orou fervorosamente. Isso significa que ele demonstrou grande esforço e persistência em sua vida de oração. Quando oramos, devemos pedir a Deus a salvação da morte, o que é uma poderosa demonstração de nosso amor e dedicação. Mas algumas pessoas não apresentam suas orações com paixão e foco suficientes.

Jesus destaca a importância de perseverar na oração em duas de suas parábolas. Uma dessas histórias pode ser encontrada em Lucas 11:5-13, enquanto a outra pode ser encontrada em 18:1-8. Ambas as histórias envolvem crentes fervorosos que oram com verdadeira convicção.

Quem ora ao Senhor também deve entender como esperar no Senhor, pois uma vida incompleta sem perseverança na oração é o mesmo que não orar. Ao aprender a orar, os alunos também precisam aprender a ser pacientes e persistir enquanto esperam a resposta do Senhor. Isso é expresso no Salmo 38:15, que afirma: “Senhor, eu espero em ti; tu me responderás, ó Senhor meu Deus.”

Alguém pode aprender a orar?

A oração do Pai Nosso, que Jesus ensinou a seus discípulos, é um exemplo bíblico de oração correta. Isso demonstra como orar a Deus corretamente, utilizando o conselho contido nesta oração. Esta fusão de componentes de oração os une para facilitar a observância. Por exemplo, as pessoas podem dar uma olhada nas palavras e frases que unem a oração.

Do céu, nosso Pai, que está nos céus, ora para ser adorado. Que seu nome seja santo. Venha até nós e faça-se a tua vontade assim na terra como no céu. Pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Mateus 6:9-13 (paráfrase)

De Mateus 6:11-13, a petição afirma: “Dai-nos hoje o pão nosso de cada dia; não nos deixes cair em tentação; mas afasta-nos do mal.”

Jesus declarou que os crentes devem perdoar as dívidas de outras pessoas como eles perdoam as próprias dívidas. Isso se chama confissão.

Ao orar, você deve seguir uma estrutura específica. Depois de louvar e adorar a Deus, faça suas petições. Ao colocar todas as suas preocupações sob os cuidados de Deus, você se liberta para fazer qualquer pedido que desejar. Confesse seus pecados para receber o perdão; e por gratidão, pratique regularmente pedindo a Deus que ajude os outros.

Porque o Espírito Santo de Deus capacita os crentes a orar com mais confiança, é importante que você entenda isso. O Espírito leva as pessoas a orar mesmo quando não têm palavras para expressar seus pensamentos. Isso é visto em Romanos 8:26 e 27, que afirmam que o Espírito capacita os crentes a orar sem saber como.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Saiba Mais