Orar é falar com Deus

A Sagrada Família de Belém – 30 de Dezembro

A Família de Belém é o reflexo mais puro da Santíssima Trindade, traz em si mesma a paternidade, a filiação e a essência da família, que é o amor. Por isso também se chamou a Jesus, Maria e José “a Trindade da terra”.
sagrada-familia-jesus-maria-joseNa Sagrada Família, JESUS é o Sol dos sóis: a Luz do mundo!

A VIRGEM MARIA é um sol que ilumina sem ofuscar; assim como dá à luz o seu Filho em Belém, no Calvário dá à luz espiritualmente a todos nós, que somos irmãos do seu Filho, tornando-se, na figura de João, a Mãe de cada um de nós.

JOSÉ, homem escolhido desde a eternidade para ser o patriarca da Família do Filho de Deus, e de todos os filhos de Deus que por dom gratuito somos, é um homem justo, no sentido bíblico da palavra, isto é, santo, cheio de graça santificante e de todas as virtudes necessárias para cumprir perfeitamente a sua missão de pai adotivo de Deus feito carne. Ele é um sol de justiça, que brilha sem magoar os olhos: sempre escolhe – livremente, prontamente e com iniciativa – o que se lhe apresenta como a Vontade de Deus, por mais sacrifícios que lhe custe.

Quando esses três Sóis brilham numa família, essa família resplandece. Reina nela uma comunhão delicada de pessoas que exclui a solidão, a falta de luz, de carinho e de paz.

Na terra, a luz não se difunde sem tropeçar com obstáculos. Os Três Sóis conheceram essas trevas… Mal nasceu o Sol dos sóis, começou a perseguição dos poderes das trevas, culminando com a Paixão e morte de Jesus na Cruz. Mas a luz ia por dentro. Nunca faltou o sentido de orientação, a plena confiança na Providência divina, a consciência de que, no meio e por meio de todos os horrores e vilanias, O DEUS UNO E TRINO É O SALVADOR DA HUMANIDADE.

Quem acolher na sua vida a luz dos Três Sóis não terá de temer nenhuma escuridão, porque essas trevas só poderão ser temporárias e externas. Os Três Sóis gostam de habitar no espaço íntimo dos corações, mais do que na superfície do mundo. Chegará o dia em que – como diz a Escritura – a cidade não necessitará nem de sol nem de lua para a iluminar, pois será iluminada pela glória de Deus e a sua luz será o Cordeiro (…). Não haverá noite (Apoc 21,23-25).

Fonte: Os Três Sóis de Antonio Orozco

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.